Ir para o conteúdo
Heróis da comunidade

A RCP realizada por testemunhas salva vidas

Cada minuto conta

A parada cardíaca súbita (PCS) é a principal causa de morte no mundo. A cada cinco minutos, uma PCS tira uma vida, somando mais de 6 milhões de morte por ano. A grande maioria das paradas cardíacas acontece em casa e quase 40% delas são testemunhadas por pessoas que estão em volta.

Após 1 minuto, as células sem oxigênio começam a morrer.  O tempo de resposta dos serviços médicos de emergência (SME) pode ser, em média, de 7 a 12 minutos, ou até mais. A capacidade das testemunhas realizarem a RCP enquanto esperam a ambulância é crucial para a sobrevivência e dos resultados positivos para o paciente.

1分钟后,缺氧的脑细胞开始死亡

As taxas de RCP por testemunhas variam bastante. Em alguns lugares, apenas 5% das testemunhas realizam a RCP e, em outros, 70%. Aumentando-se os esforços de RCP por testemunhas, há uma grande chance de aumentar as taxas de sobrevivência.

A criação de comunidades de heróis

É essencial que as pessoas na comunidade ajam. A solução é o amplo treinamento em RCP para toda a comunidade. Saber reconhecer uma parada cardíaca inicial e o que fazer em seguida pode aumentar significativamente as chances de sobrevivência e os resultados para o paciente.

Iniciativas para treinar um grande número de pessoas comuns da comunidade em escolas e organizações voluntárias foram bem-sucedidas em muitos países, incluindo os Estados Unidos, Noruega, Suécia, Singapura, Coreia, Reino Unido e Dinamarca.

Uma história de sucesso

A Dinamarca é um dos diversos países que lançaram uma iniciativa nacional para ensinar RCP. O programa introduziu o treinamento obrigatório aos alunos do ensino fundamental e àqueles que estiverem em processo para tirar a carteira de motorista. Foram distribuídos kits de treinamentos instrutivos, desenvolvidos a partir das orientadações dos atendentes da central de emergência e foram instalados DEAs em áreas públicas.

Uma maior taxa de sobrevivência no mundo

A Laerdal, junto com valiosos parceiros, trabalha como catalisadora para ajudar os clientes a implementar programas funcionais. Dos Estados Unidos à Austrália, da Dinamarca à Coreia, os resultados falam por si só.

The American Heart Association (AHA) e a British Heart Foundation (BHF) trabalharam com a Laerdal para implementar programas de grande alcance para treinar crianças em idade escolar e leigos em suas comunidades. Nos Estados Unidos, mais de 2 milhões de crianças recebem treinamento em RCP todos os anos.

Em Nowon, um distrito de Seul, na Coreia, um amplo treinamento em RCP para pessoas comuns e uma iniciativa de RCP por telefone (RCP-T) foram implementados em 2011. Em três anos, 40.000 pessoas foram treinadas e o número de sobreviventes quase triplicou a cada ano.

Na Suécia, o número de sobreviventes de parada cardíaca aumentou de 156 em 1998 para 586 em 2015. Esse enorme aumento nas taxas de sobrevivência corresponde à maior quantidade de RCP realizada por testemunhas, que agora chega a 71%. O aumento também pode ser atribuído ao treinamento sistemático de quase 3 milhões de pessoas e à introdução da RCP-T.

O atual estudo Pan Asian Resuscitation Outcomes Study (PAROS) descreve como os programas de educação da comunidade com RCP-T, incluindo reconhecimento de parada cardíaca e RCP com orientação dos atendentes da central de emergência, podem aprimorar as taxas de sobrevivência.

Como a Laerdal pode ajudar

As iniciativas para ampliar na comunidade o treinamento em RCP, bem como aprimorar a qualidade da RCP realizada, são essenciais para aumentar as taxas de sobrevivência. Com a implementação de programas de grande alcance para treinamentos com alta qualidade, sistematicamente avaliados é possível direcionar o desempenho e ajudar a salvar mais vidas, juntos.

Para mais informações

Como prefere que façamos contato com você?